Fiocruz abre mais de 800 vagas em concurso público, inclusive para Rondônia

18/08/2010 01:00

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) inicia nesta terça-feira (17) inscrições para concurso que prevê o preenchimento de 850 vagas em funções de níveis médio, técnico e superior (são cinco editais diferentes). Há chances para 250 formações, com salários que podem chegar a R$ 12.535,22, incluindo gratificações.

Para Rondônia são nove vagas. Já o Rio de Janeiro, que abriga a sede da fundação, tem o maior número: 730. Há ainda 25 para Minas Gerais, 23 para Pernambuco, 15 para a Bahia, 14 para o Paraná, 12 para Brasília (DF), nove para o Amazonas, nove para Rondônia, sete para Mato Grosso do Sul e seis para o Ceará. 

O cargo de tecnologista em saúde pública tem o maior número de oportunidades: 266, com salário de R$ 3.048,03. A exigência é de graduação em Arquitetura, Arquivologia, Farmácia, entre outros cursos. Em seguida, vem a função de analista de gestão em saúde, com 257 chances e vencimento de R$ 3.048,03.

O cargo de pesquisador em saúde pública (que exige, no mínimo, mestrado) tem 96 vagas e vencimentos iniciais de R$ 3.475,87. A função de técnico em saúde pública (149 vagas) exige formação técnica. A de assistente técnico de gestão em saúde (63 vagas) é para nível médio completo. Ambas têm remuneração a partir de R$ 1.678,28. Já a atividade de especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública (19 vagas) requer doutorado e tem rendimento de R$ 5.558,82.

As inscrições ficarão abertas até o dia 7 de setembro, na página eletrônica: http://concurso.fgv.br/, onde pode ser conferido o edital completo.

Saiba Mais:

Vagas - O concurso oferece 63 vagas para assistente técnico de gestão em saúde pública (nível médio); 149 para técnico em saúde pública (ensino médio técnico); 266 vagas para tecnologista em saúde pública (formação superior), 257 para analistas de gestão em saúde pública (nível superior); 96 para pesquisadores em saúde pública (com mestrado); e 19 para especialistas em saúde pública (doutorado mais seis anos de experiência).

Remuneração - Os salários variam de R$ 1.678,28 a R$ 5.558,82, dependendo do cargo, mas somam-se também a gratificação de desempenho e o adicional de escolaridade. Entre os benefícios oferecidos estão auxílio-transporte, assistência pré-escolar, creche, auxílio-educaão, auxílio-funeral, auxílio-natalidade e ressarcimento de plano de saúde suplementar.

Cursos - Há oportunidades para candidatos com 250 formações diferentes. Entre os cursos de graduação estão: Arquitetura, Biologia, Biomedicina, Farmácia, Engenharia, Medicina Veterinária, Microbiologia, Química, Física, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Letras, Medicina, Jornalismo, Publicidade, Nutrição, Ciências Sociais, História, Psicologia e Fonoaudiologia, entre outros. Há chances também para candidatos com qualquer formação superior.

Inscrição - As inscrições ficarão abertas de 17 de agosto a 17 de setembro, na página http://concurso.fgv.br. As taxas de participação custam R$ 65 para assistente técnico de gestão em saúde pública e técnico em saúde pública; R$ 100 para tecnologista em saúde pública e analista de gestão em saúde pública; e R$ 150 para pesquisador em saúde pública e especialista em saúde pública. O pagamento poderá ser efetuado até 20 de setembro.

Isenção - Os membros do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou de famílias de baixa renda poderão solicitar a isenção do pagamento da taxa de 17 a 23 de agosto. É preciso enviar documentos, via Sedex, para FGV ? Concurso FIOCRUZ, Caixa Postal 9.018 - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22.270-970 (a lista de documentos está no edital).

FONTE: CRF/RO 


OBRIGADO PELA SUA VISITA, VOLTE SEMPRE.